Make your own free website on Tripod.com

Tarefas de Ecologia de Populações
Home | Evolução Humana - Jogo de Namoro | Avaliação do Habitat | Modelo de Leslie | Crescimento Logístico | Modelo de Ricker | Modelo Logístico com o Efeito de Allee | Modelo de Ricker com o Efeito de Allee | Caos na dinâmica populacional | Questionário sobre Crescimento Caótico | Regulação de Populações | Modelos de Lotka e Volterra | Introdução a Competição | Introdução a Predação | Simulação de predação | Avaliação da Simulação e Conceitos de Predação | Predador e Presa | Herbívoros e seus Predadores | Vetores e Doenças | Respostas Funcionais | Meta-populações simples | Impressões da pantanal | Contatos

Modelo de Leslie

Projetando o crescimento populacional (independente da densidade):

Observe as tendências passadas no tamanho populacional

  • Estime lambda
  • Projete o crescimento futuro, e.g., Nt = N0 (lambda)t

Análise de cohort

  • Seguir o cohort no tempo ou aproximar com técnicas específicas ao tempo
  • Calcular a taxa de mudança da população (~ r, Ro, lambda)
  • Taxa de mudança x tamanho populacional = tamanho populacional futuro
  • Nt = N0 (lambda)t
  • Nt = r Nt-1 ou Nt = No ert
  • Premissas?

Os indivíduos podem ser classificados por idade.  As propriedades além da idade, como tamanho ou estágio de desenvolvimento, não são relevantes para o futuro demográfico do indivíduo.

A natureza discreta do modelo descarta toda informação da dependência de idade das taxas vitais dentro das classes etárias.

As taxas de fertilidade e sobrevivência ficam constantes.  O ambiente é constante e os efeitos de densidade não são importantes.

A maioria dos modelos de demografia se baseiam em somente um sexo, geralmente a fêmea. As premissas implícitas dessa lógica é que os ciclos vitais dos sexos são idênticos ou a dinâmica da população são determinados por um sexo independente da abundancia relativa do outro sexo.  

Matriz de Leslie

  • Taxas vitais específicas a idade x dados do tamanho e da estrutura populacional

Baseada na multiplicação de 2 matrizes  Matriz de Leslie x Vetor Populacional

Taxas vitais específicas a idade para as fêmeas de uma população:

mx = proles fêmeas média por fêmea de uma idade dada da população

x

nx

Sx

mx

Fx

0

20

0.5

0

0.5 x 1 = 0.5

1

10

0.8

1

.

2

40

0.5

3

.

3

30

0.0

2

0.0

N0 =

100

---

---

----

Tarefa

tapirus.jpg

Você precisa estabelecer uma população viável de anta (Tapirus) no norte do pantanal.  Você soltou 80 antas numa área não ocupado de habitat apropriado.  Começamos com a premissa que a razão sexual terceira e 50: 50, uma fertilidade de nascimentos de pulso, e um amostragem anual após o período de cria.  A taxas de sobrevivência e fecundidade especificas as  fêmeas se apresentam na tabela.  Também se apresenta dados da estrutura da população (nx) para a introdução inicial ( t = 0).  Porque a coluna nx não é uma amostra normal da população, mas os números em cada classe etária que você vai introduzir, você precisa usar essa formula para calcular a coluna  lx: : lx+1 = Sx*lx

idade (x)

nx

Sx

mx

Fx

lx

lx mx

x lx mx

l

l

Cx

0

10

0.5

0

0.1

1.00

.

.

.

.

.

1

2

0.8

0.2

.

0.50

.

.

.

.

.

2

8

0.9

0.8

.

0.40

.

.

.

.

.

3

5

0.9

1.0

.

0.36

.

.

.

.

.

4

14

0.9

1.0

.

.

.

.

.

.

.

5

0

0.9

0.9

.

.

.

.

.

.

.

6

1

0.0

0.3

.

.

.

.

.

.

.

Complete a tabela de vida.  Calcule a taxa finita de mudança esperada  para essa população

Use o matriz de Leslie para prever o tamanho populacional e a estrutura etária da população para os  primeiros 2 anos.

Clique aquí para baixar a planilha da Matriz de Leslie

Calcule a taxa finita de mudança para  t = 1, 2, 3, 4, e 5.  Compare esses valores com a taxa finita de mudança calculada anteriormente.   Se as taxas são diferentes, explique p por que da diferencia.

Vamos examinar a Matriz de Leslie

Ecologia de Populações